Diversidade, Liberdade e Inclusão Social

Foto: Obama, Cameron e Helle Thorning-Schmidt


segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Zé Dirceu e a Irrelevância da "Cortina de Fumaça"



Imperdível a Veja desta semana sobre o "poderoso chefão" Zé Dirceu.

O grande capo tenta desqualificar a reportagem alegando que o repórter da Veja tentou invadir seu quarto. Isso é fumaça para despistar incautos. O fato é que Zé Dirceu mora num 5 estrelas pertinho do ciclo do poder, tem motorista e todo um staff que trabalha para ele. Dizem que ele viaja de jatinho. A verdade verdadeira -- comprovada pelas fotos dos corredores do hotel -- é que Zé Dirceu recebe em seu quarto de hotel ministros, diversos ministros, deputados, senadores, pessoas importantes e influentes do poder.

Pergunta, quem paga essa conta? Porque ministros importantes vão ao quarto de Zé Dirceu?

E não me venham replicar dizendo que a Veja fez isso, isso e aquilo, porque o que a Veja fez foi uma lição de cidadania: mostrar ao Brasil que o arquiteto do mensalão continua plenamente na ativa.

E alguém paga essa conta.

5 comentários:

guimas disse...

Meu Deus. Eu quase morri de rir desse post.

Leia com atenção: o Sr. José Dirceu, o qual considero uma figura desprezível, é um LOBISTA. O que ele faz é LOBBY.

A Veja denunciou algo que ocorre diariamente em Brasília, em São Paulo, no Rio, no RS.

Sabe o que tem de ilegal no que a Veja "denunciou"? Nada. Só tem alimento para que os nossos anti-petistas de sempre digam: "Estranho. Deve ter maracutaia aí".

A Veja, com essa história de tentar invadir o quarto do José Dirceu (o que o hotel confirmou), coloca uma pá de cal na sua credibilidade. Ignorar isso (como fazes, Maia) é um lição de partidarismo de baixo nível. Imagina o fiasco que ocorreria se um repórter tentasse invadir um quarto do Serra.

Falando no Serra, este também se reúne em hotéis com figurões de diversos partidos e níveis. Nunca se comentou nada.

Eu fico com a opinião do Rudá Ricci. José Dirceu não tem essa importância toda, mas criar uma conspiração com o nome dele atiça nossa oposição (cujo nível é o pior em muito tempo). E a Veja, com matérias cuja âncora são fotos que não mostram nada, infantiliza o leitor.

Compra quem quer. Da Veja, não compro mais nada.

Gelso Job disse...

É simplesmente incrível que um cara que pouca gente gosta (inclusive eu não gosto)como Zé Dirceu, seja cada vez mais atacado covardemente por este panfleto que quer ser chamado de revista. Com isto, cada vez mais ele começa angariar apoio, vindo de pessoas que jamais teria de outra forma. Desserviço para o país, baseado em atos criminosos de invadir apartamentos de hotéis, colocar escutas clandestinas...Nunca mais terão credibilidade, a não ser junto a fina-flor do ultraconservadrismo tupiniquim.

Jb disse...

Não me canso de escrever: Parabéns a VEJA. Excelente Matéria.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Concordo com o JB a matéria da Veja coloca os pingos nos is. O lobista do Zé Dirceu ainda tem poder. A questão da tentativa de invasão ou não do apartamento de Zé Dirceu é assunto menor, é café pequeno.

guimas disse...

Maia,

OK. Então façamos o seguinte. Mando um cara invadir tua casa. Recolho documentos e faço uma matéria em um jornal (ou na internet), "colocando os pingos nos is".

Ainda achas que tentativa de invasão é café pequeno?

É óbvio que o cara ainda tem poder. Ele mesmo diz isso! Só que ter poder não é ilegal. E, lembre-se, ele não foi condenado de nada ainda.

Por mais desprezível que considere essa figura, a Veja ultrapassou os limites nessa vez. Fazer de conta que não viu isso é um erro crasso.

E depois tem outra. O erro da Veja tem como consequência direta transformar o Zé Dirceu em vítima. Isso é péssimo. O cara merece a lei, e não o desrespeito à lei.

A Veja sepultou de vez sua credibilidade, e isso é ruim pra todo mundo.