Diversidade, Liberdade e Inclusão Social

Foto: Obama, Cameron e Helle Thorning-Schmidt


sábado, 31 de julho de 2010

Guerra de Informações

Mundo complicado e fascinante este mundo da atualidade, o site Wikileaks - Afghan War Diary vem divulgando material secreto sobre a Guerra do Afeganistão. Eles tiveram acesso a 91 mil documentos passados pelo soldado  Bradley Manning, 20 anos, foto ao lado.

Entre outras revelações, está a existência de uma unidade secreta das forças armadas americanas encarregada de capturar ou matar militantes sem julgamento.

Barack Obama disse que esses documentos que vazaram não traziam nada de novo, segundo a ZH, de hoje, mas o porta-voz do governo, Robert Gibbs, disse que o vazamento coloca em risco as vidas de informantes afegãos e de militares americanos – e fez um apelo ao site WikiLeaks, responsável pela divulgação do material, para que suspenda a publicação dos textos sigilosos. 

– Não podemos fazer nada a não ser apelar à pessoa que tem esses documentos ultrassecretos em mãos para que não os divulgue mais. É importante que não sejam feitos mais danos a nossa segurança nacional – afirmou Gibbs no programa Today, da emissora de TV NBC.

Principal suspeito de ser o responsável pelo vazamento, o soldado americano Bradley Manning, 22 anos, foi transferido na quinta-feira de uma prisão militar no Kuwait para uma base militar em Quantico, no Estado da Virgínia. Manning serviu como analista de inteligência no Iraque e é acusado também de ter repassado ao WikiLeaks um vídeo que mostra o ataque equivocado de um helicóptero do exército americano no Iraque. A ação causou, em 2007, a morte de dois funcionários da agência de notícias Reuters, em Bagdá. Segundo o Pentágono, o soldado teria entrado em um sistema de informações militares dos EUA com acesso restrito via internet, o Secret Internet Protocol Router Network (Siprnet), e baixado dezenas de milhares de documentos.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Os Paranóicos Só Pensam em Golpismo


Leio que Lula, no comício de Dilma e Tarso, no Gigantinho em Porto Alegre ontem vestiu a camiseta dos radicais de esquerda: atacou os golpistas do Brasil:

"No governo, aprendemos que a esquerda faz oposição, enquanto a direita tenta dar um golpe a cada 24 horas para não permitir que as forças que governam o país de forma democrática possam continuar",

Como se existisse no Brasil de hoje um movimento organizado de direita. Isso é paranóia pura. Aliás, não existe no mundo de hoje nenhuma ditadura de direita. As ditaduras que existem ou são de esquerda (Cuba e Coréia do Norte) ou do radicalismo religioso (Irã). O Lula adora ter várias caras, bajula o empresariado ao meio dia e de noite vem cantar as músicas arcaicas de que existe golpismo no Brasil. O PT é um partido que na oposição sempre foi truculento. Na época de FHC era contra porque era contra a reforma da previdência, gritou aos quatro cantos que FHC considerava aposentado como vagabundo e depois, quando chegou a cadeira do poder, o que fez? Uma reforma previdenciária muito mais rígida e danosa aos aposentados do que o projeto de FHC. O PT tem de aprender a conviver em democracia, aceitar as críticas que são necessárias em um mundo socialmente democrático. E o mercado de mídia -- que é sempre oligárquico - tem todo o direito do mundo de tecer críticas ao governo de plantão, até mesmo porque o PT não é senhor da razão nem dono da boa moral, como bem se sabe.

Bolsa Familia e Política Cultural


Muito interessante o artigo abaixo  do cientista político e  professor Giuseppe Cocco, da Universidade de Paris e da UERJ, que sempre foi um carinha de esquerda, elogiando o bolsa família:  como  a maior política cultural do governo Lula.

Sobre Maconha



Ciência e fraude no debate da maconha


O artigo contra o uso medicinal da maconha de Ronaldo Laranjeira e Ana C. P. Marques ("Maconha, o dom de iludir", "Tendências/Debates", 22/7) contém inverdades que exigem um esclarecimento.
A fim de desqualificar a proposta de criação de uma agência brasileira para pesquisar e regulamentar os usos medicinais da maconha, os autores citam de modo capcioso o livro "Cannabis Policy: Beyond the Stalemate".
Exatamente ao contrário do que o artigo afirma, o livro provém de um relatório com recomendações claramente favoráveis à legalização regulamentada da maconha.
Conclui o livro: "A dimensão dos danos entre os usuários de maconha é modesta comparada com os danos causados por outras substâncias psicoativas, tanto legais quanto ilegais, a saber, álcool, tabaco, anfetaminas, cocaína e heroína (...) O padrão generalizado de consumo da maconha indica que muitas pessoas obtêm prazer e benefícios terapêuticos de seu uso (...)
O que é proibido não pode ser regulamentado. Há vantagens para governos que se deslocam em direção a um regime de disponibilidade sob controle rigoroso, utilizando mecanismos para regular um mercado legal, como a tributação, controles de disponibilidade, idade mínima legal para o uso e compra, rotulagem e limites de potência. Outra alternativa (...) é permitir apenas a produção em pequena escala para uso próprio" (http://www.beckleyfoundation.org/policy/cannabis-commission.html).

Mãe dos Pobres


Do sempre genial Angeli, na Folha de hoje.

Quem dá mais? Quem dá mais? Pela Dentadura do Churchill


Uma dentadura parcial do ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill foi vendida por um 15,2 mil libras (cerca de R$ 41,8 mil) em um leilão nesta quinta-feira em Norfolk, no leste da Grã-Bretanha.

A dentadura, avaliada anteriormente em 5 mil libras (R$ 13,7 mil), estava sob os cuidados do filho do dentista protético que as havia feito.
Ela havia sido moldada especialmente para preservar a maneira natural de falar de Churchill, puxando os cês com a língua entre os dentes.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Lula Diz Que Campanha Para Liberação de Iraniana - Que Pode ser Executada por Adultério - é Avacalhação


Existe uma campanha mundial para liberação da mãe iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani que pode ser executada (por apedrejamento, conforme o rigor da lei muçulmana)  a qualquer momento, porque teria praticado adultério. O site da campanha é este aqui: http://www.liberdadeparasakineh.com.br/.

Diversas personalidades assinaram o manifesto, mas o pop presidente brasileiro não assinou, porque disse que é avacalhação, segundo matéria da Folha de hoje:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rejeitou ontem se envolver no caso da libertação da iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento por suposto adultério.Questionado sobre a campanha mundial relacionada à iraniana e aos apelos na web pelo cancelamento da pena, Lula disse não poder passar o dia atendendo a pedidos e que as leis dos países devem ser respeitadas, para não virar "avacalhação". "É preciso tomar muito cuidado porque as pessoas têm leis, as pessoas têm regras. Se começarem a desobedecer as leis deles para atender pedido de presidentes, daqui a pouco vira uma avacalhação", disse. Concluiu que "nenhuma mulher deveria ser apedrejada por conta de traição."

Assinaram o documento as seguintes personalidades:

President Fernando Henrique Cardoso, Mahnaz Afkhami, Shohreh Aghdashloo, Ingrid Bethancourt, Michael Bloomberg,  Richard Branson,  Sandra Broudy,  Chico Buarque, Jane Buffet, Jimmy Buffet, Ariela Cotler, Saeed Kamali Dehghan, Louise Dennys,Michael Douglas,Claire La Heureux Dube, Shirin Ebadi, Caroline Fourest, Diane von Furstenberg, Peter Gabriel, Philip Gourevitch, Laureen Harper, Arianna Huffington, Hugh Jackman, Heidi Kohl, Kiel Kohl, Marie-Jose Kravis, Hanif Kureishi, Annie Lennox
Bernard-Henri Levy, John Mackinson, Irshad Manji, Lale Mansur, Kati Marton, Mary Matalin
Ian McEwan, Deepa Mehta, Azar Nafisi, Marina Nemat,Betsy Giffen Nowrasteh,Cyrus Nowrasteh
Jane Olson, Yoko Ono, Gwyneth Paltrow,Kathleen Reader,Heather Reisman,David Remnick
Salman Rushdie, Sheryl Sandberg, Luiz Schwarcz, Gerry Schwartz, Sting, Trudie Styler, Caetano Veloso
Fiammetta Venner, Lister J. Watson, Gorkem Yeltan, Catherine Zeta Jones.

Depois dizem que o Brasil não é cúmplice e nem parceiro do regime fascista de Ahmadinejad. Essa sim é uma grande diferença entre o Brasil de Serra  e de Dilma.

Nos países socialmente desenvolvidos, onde  democracia já é uma tradição,  declaração desse tipo de um chefe de estado é motivo para total impopularidade. Mas no Brasil onde 51% dos brasileiros votantes são quase semi analfabetos, isso parece pouco importar. Lastimável.

'Mamãe Dilma' e os Desesperados

Dilma disse ontem, em Natal - RN:

"O presidente Lula me deu um legado, uma missão, que é cuidar do povo brasileiro.Eu vou honrar esse legado, vou cuidar como uma mãe do povo brasileiro."

Muitos blogs da nossa esquerda  que apoiam a 'mamãe' Dilma diziam ontem  que Serra teria um final melancólico. Eles estavam se referindo à declaração do imbecil do Marco Aurélio Garcia que declarou, segundo a Folha:

"Eu fico constrangido de ver uma pessoa que teve um passado de esquerda como o José Serra ter corrido tanto em direção à direita, aquela direita mais raivosa, mais atrasada. Me parece um final melancólico da sua carreira política, porque eu acho que a sua carreira política terminará no dia 3 de outubro."

Tenho notado uma diferença muito grande entre os Blogs e sites que simpatizam com o Serra ou com a Marina, que possuem uma postura light e os Blogs e sites que simpatizam com a 'mamãe' Dilma que têm uma postura que beira ao desespero. Por que será?

Talvez isso explique:

Um evento patrocinado por bancos públicos e por uma estatal virou palco para manifestações em defesa do voto na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.O 2º Encontro Nacional da Juventude Rural reúne até amanhã, em Brasília, cerca de 5.000 jovens que tiveram transporte, alimentação e hospedagem custeadas pela Contag (entidade sindical de trabalhadores rurais), responsável pela organização.O patrocínio (R$ 270 mil) foi dividido entre Caixa Econômica Federal (R$ 200 mil), Petrobras (R$ 50 mil) e o Banco do Nordeste (R$ 20 mil). O tom eleitoral marcou as atividades -houve até caminhada com jovens empunhando bandeiras da petista.As empresas dizem que o evento está inserido em suas estratégias de divulgação.
 
Fonte: Folha

Picaretagem Eletrônica


Semanalmente venho recebendo em meu e-mail particular a mensagem abaixo me intimando para uma audiência na Procuradoria Regional do Trabalho, em processo em que estou sendo investigado. Essa "intimação" é enviada por uma tal de  Procuradoria Regional da Justiça, sendo que o despacho é um arquivo doc. ou exe.

Deve ter cabra que embarca nessa.


Procuradoria Regional da Justiça

Coordenação de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos – CODIN
Procedimento investigatório n.º 2012726/2010



O Ministério Público da Justiça, no desempenho de suas atribuições institucionais, com fundamento nos artigos 137 e 119, inciso VI da Constituição Federal e artigo 6º, inciso VII, da Lei Complementar n.º 175, de 20 de maio de 1993, INTIMA Vossa Senhoria a comparecer na Procuradoria Regional do Trabalho, no dia 9 de Agosto de 2010, às 14:30 horas, a fim de participar de audiência administrativa, relativa ao procedimento investigatório em epígrafe, em tramitação nesta Regional, conforme despacho em anexo abaixo.


Despacho_778125521.doc

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Oligopólio Midiático e Governo Republicano


Esta imagem foi pescada do site da Articulação, tendência interna do PT.

Alguns Blogs de esquerda e algumas tendências do PT, como a Articulação,  estão a defender que as estatais brasileiras não aportem dinheiro, mediante publicidade, às empresas de mídia que insistem em criticar o PT e a candidatura de Dilma.

É isso o que se lê hoje no Diário Gauche:

O PT e a coligação Para o Brasil Seguir Mudando, encabeçada pelo partido, entraram com pedido de direito de resposta ontem (27) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a revista Veja, da Editora Abril. A ação contesta a reportagem "Indio Acertou o Alvo", veiculada na edição desta semana. A informação é da Agência Brasil.
(...)
Enquanto isso, as páginas da revista Veja (e o resto do PIG) continuam estampando (e faturando) anúncios das estatais, como Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Federal, Eletrobras, Correios/Sedex (ver fac-símile acima) e outras.
Quando o governo federal - leia-se o lulismo de resultados - irá impor um padrão republicano nas relações com essas empresas midiáticas com desvio de função para partidos políticos não autorizados pela legislação brasileira? Quando?

Meu pitaco:

Mercado de mídia, assim como da indústria automobilística ou de aviação, é por essência oligopolista e concentrado nas mãos de poucas empresas.  Não se trata, portanto, de mercado de "concorrência perfeita", onde um número muito grande de empresas participam e ninguém tem poder de mercado.


Em todo lugar do mundo é assim. Exceção é Cuba, onde existe monopólio da mídia.

Se o mercado é oligopolista, dominado por poucas empresas que tem esse poder, não há como o governo simplesmente fazer publicidade em algumas empresas em detrimento de outras, como pretende o DG, porque o gasto em publicidade é gasto da estatal, que faz o necessário serviço público e que não deveria ter partido político ou ideologia determinando o que é certo ou errado.
 
Até mesmo porque os leitores da Veja, que consomem a revista exatamente por sua linha editorial, também são consumidores dos produtos estatais, sendo que alguns, como a Petrobrás, são monopólios. Um governo não pode direcionar os gastos de publicidade das estatais de acordo com sua simpatia política, se assim fizer, não seria republicano.

Portugal Telecom Sai da 'Vivo' e Entra na 'Oi'

Fazia tempo que os espanhóis da Telefónica de España estavam tentando comprar a fatia dos portugueses da Portugal Telecom na operadora Vivo, que é lider de telefonia móvel do Brasil.



Diversas ofertas foram feitas e que culminou com a última de 7,5 bilhões de euros. É dinheiro para caramba e mostra que o mercado brasileiro de telefonia anda mesmo bombando. E tem gente que sente saudades da época do monopólio estatal.



E os portugueses -- que não são bobos nem nada -- vão reservar parte desse valor para adquirir dos fundos de pensão das estatais brasileiras (Previ, dos funcionários do BB; Petros, da Petrobras; e Funcef, da Caixa)-- uma fatia de 21 ou 23% da Oi.
Essa negociação está sendo encaminhada (ou intermedidada?)  pelo governo do nosso pop presidente, assim como ocorreu na compra da Brasil Telecom pela Oi. A campanha eleitoral agradece. E o financiamento privado de campanha anda bombando no governo do PT.

Se eu soubesse desse negócio ontem teria aplicado toda minha grana nas ações da Vivo que apenas hoje rendeu 12%,

Maravilhosa Alice


Quando esse filme passou no cinema alguém me disse: uma decepção. E por conta desse comentário deixei passar. Ontem na prateleira da locadora resolvi apostar. O filme é maravilhoso. Se não for nota 10 é 9,5.
Recomendo com 5 estrelinhas. Sempre gostei da história de Alice de Lewis Carroll que hoje seria chamado de pedófilo pelas fotos que gostava de tirar de meninas pré adolescentes. Os diálogos do absurdo são pueris e inteligentes. Se o vivente não viu retire. Recomendooo.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Respostas aos "Porquês"

Fotos oficiais dos candidatos Nelson Mandela - Adolphino Rosario Cruz é parecidíssimo com Nelson Madela e, por isso, se candidatou a  deputado estadual de São Paulo pelo PP (Partido Progressista).
A candidata "Super Nany de Jesus" é Gislene Dias de Jesus, evangélica que concorre a deputada estadual em São Paulo pelo  PSC (Partido Social Cristão).




Na minha infância gostava de ler uma enciclopédia antiga chamada "Tesouro da Juventude" que era dividida em capítulos. Um deles se chamava o "Livro dos Porquês" que explicava ou tentava explicar os porquês da vida.

Lembrei disso quando li a estatística abaixo do TSE:  Metade do eleitorado brasileiro é composto por semialfabetizados.






Por que nossos ilustres parlamentares têm péssimo nível educacional e cultural?
Por que nossos governantes são medíocres?
Por que  o povo não se interessa por política?

Ora, porque os políticos são o espelho da sociedade que vota neles.

E como é formada a sociedade brasileira que vota nos nossos ilustres politicos?.

Mais da metade do eleitorado brasileiro (53,56%) são pessoas com nenhum ou poucos nível escolar: 33,09% têm primeiro grau incompleto, 14,57% apenas leem e escrevem e 5,9% são analfabetos. Os dados do eleitorado divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que a Região Nordeste tem o maior número de eleitores analfabetos,11,05%. Os que apenas leem e escrevem -chamados de analfabetos funcionais - são 24,19% dos eleitores. Em segundo lugar, está a Região Norte, com 8% de analfabetos...

Extraído de: Correio do Brasil - 23 de Julho de 2010 .

Resumo da ópera: grande parte dos nossos políticos não está interessadas em mudar esse status quo, porque lucra com ele.

Lula Autoriza - Por Lei - Doação de R$ 25 Milhões para o Hamas

O terrorismo internacional agradece.

Vi primeiro no Lumières  e não acreditei. Depois fui no site do Planalto e conferi. É verdade:

Presidência da República

Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

LEI Nº 12.292, DE 20 DE JULHO DE 2010.

Autoriza o Poder Executivo a realizar doação para a reconstrução de Gaza.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Fica o Poder Executivo autorizado a doar recursos à Autoridade Nacional Palestina, em apoio à economia palestina para a reconstrução de Gaza, no valor de até R$ 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de reais).
Parágrafo único. A doação será efetivada mediante termo firmado pelo Poder Executivo, por intermédio do Ministério das Relações Exteriores, e correrá à conta de dotações orçamentárias daquela Pasta.
Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 20 de julho de 2010; 189o da Independência e 122o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA



Celso Luiz Nunes Amorim


Paulo Bernardo Silva
 
 
Um pequeno parênteses, a autoridade palestina na faixa de Gaza é o grupo terrorista Hamas.

Os Lindinhos do Photoshop


Foto divulgação da campanha de  Dilma Rousseff. Puro Photoshop que esconde, evidentemente,  o lado obscuro, enrugado e nebuloso.

Yeda Reage

Yeda, no dia em que sua casa foi bloqueada pelo pessoal do CPERS.

Nenhum governador gaúcho conseguiu se reeleger. Esse é o grande desafio de Yeda Crusius, a governadora tucana, que sempre obteve alto índice de rejeição.

Afinal, é de se indagar, por que motivos Yeda tem tanta rejeição?  Os Blogs da nossa esquerda comemoram que eles são os grandes responsáveis por essa rejeição, uma vez que a mídia oligopolista é favorável à governadora tucana.

A grande verdade é que o pessoal do PT  e seu braço sindical o CPERS - que fazem oposição à Yeda -- são extremamente competentes em fazer oposição. Os caras são craques, são profissionais desse ramo de negócio.

Mas a rejeição de Yeda diminui e, com isso, aumenta sua chance de vitória na eleição. Segundo o Datafolha, 36% dos gaúchos consideram ruim ou péssimo o governo Yeda. Esse índice já chegou a 51% em novembro de 2007, auge da crise da picaretagem do Detran. Ou seja, houve uma redução de 15% de rejeição.

Esse blogueiro ainda acha difícil que Yeda consiga o que nenhum outro governador conseguiu: a reeleição. É certo que Tarso Genro prefere mil vezes disputar o segundo turno com Yeda do que com Fogaça e por isso é estratégia do PT pegar leve com Yeda no primeiro turno.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Brasil Continua a Fazer o Jogo de Chávez


Esse Debate Deve Ser Feito em Fórum Amplo e Não Restrito

Chávez, com Maradona, admitiu ontem que podem ter campos de treinamento das FARC na Venezuela:

Na ZH de hoje:

Chávez também chamou Uribe de “mafioso” e “fantoche do império ianque (os EUA)” – mas, curiosamente, não negou veementemente a existência dos supostos acampamentos guerrilheiros. Disse apenas que, se houver alguma base guerrilheira no país, seria “sem a autorização do governo".

Em outras palavras, as bases existem mas elas não têm autorização do governo, tá ligado?

E o Brasil do nosso pop presidente está certo em querer ser mediador desse conflito, mas começou mal.

Segundo a Folha: on line:

O Brasil quer retirar a crise Colômbia-Venezuela do âmbito da OEA (Organização dos Estados Americanos) e trazer para a Unasul (União de Nações Sul-Americanas), órgão do qual os Estados Unidos não são membros. A ideia, afirma reportagem de Eliane Cantanhêde e Fábio Amato na edição desta sexta-feira na Folha de S. Paulo, é evitar que a participação americana desequilibre as negociações para pró-Colômbia e anti-Venezuela.

Ou seja, o Brasil está querendo que esse tema seja debatido em fórum pró- Venezuela desequilibrando as negociações em desfavor da Colômbia.  Para quem não sabe, o Unasul é fórum restrito que Chávez adora ser protagonista. A OEA é fórum mais abrangente e conta com  a participação de outras peças importantes do jogo de xadrez.

Os EUA - e a discussão envolve também a questão da repressão ao tráfico de drogas que produz danosas consequencias em terras norte-americanas - devem ser parte integrante dessas negociações.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

A Histeria do Brucutu

Chávez - hoje ao lado de Maradona - anunciou a ruptura das relações com o governo da Colombia.

O que é irritante em certa esquerda é a dissimulação. Eles simplesmente não admitem o óbvio, o que é evidente, o que está na cara.

É claro e cristalino que o governo Chávez -- e os círculos bolivarianos que o apoiam -- tem relações com as FARC-EP colombianas. Impossível ter dúvidas a respeito desse fato.

Pois a Colômbia denunciou em reunião da OEA que a Venezuela abriga 1,5 mil guerrilheiros em 87 campos de treinamento e por conta disso, Hugo Chávez anunciou a ruptura de relações diplomáticas entre Caracas e Bogotá, e afirmou que o presidente colombiano, Álvaro Uribe, é "mentiroso" e "mafioso"
 Nesta quinta-feira, em sessão extraordinária da OEA (Organização dos Estados Americanos), a Colômbia exibiu fotos, vídeos e testemunhos que provariam a presença de ao menos 87 acampamentos e 1.500 guerrilheiros protegidos em solo venezuelano. O embaixador da Colômbia no órgão, Luis Alfonso Hoyos, afirmou que os acampamentos não são novos "e continuam se consolidando". "Não são [apenas] casas. São ao menos 87 estruturas completamente armadas em território venezuelano". Em seu discurso, que também contou com fotos e imagens aéreas, Hoyos se concentrou nas informações sobre quatro localidades, que abrigariam os acampamentos nomeados Ernesto, Berta, Bolivariano e Jesus Santrich, situados 23 quilômetros para dentro do território venezuelano. segundo a Folha on Line.


Não sei exatamente se os dados passados pelo governo da Colômbia estão corretos, se o número de guerrilheiros das FARC são esses, se são efetivamente 87 campos de treinamento. Os números até podem ser exagerados, mas que existe relação íntima entre Chávez e FARC isso é inegável.

A esquerda internacional --  e isso vale em relação ao PT no Brasil -- se encontra, se conversa, traça planos e estratégias, age em conjunto. Isso não é paranóia anti esquerdista ou antipetista. Isso é fato. Basta circular pelos sites e Blog do pessoal da esquerda. Inclusive os mais conhecidos como o Paulo Henrique Amorim e o rancoroso do  Nassif -- que virou esquerdista depois de ser demitido da Folha.  As maluquices do tirano Chávez são muitas vezes elogiadas por eles ou omitidas.

O apoio de certas pessoas ao Chávez é de causar espanto. É Oliver Stone, é o ex marido da Madonna, o Sean Penn (que é um grande ator), é o Maradona. É que o mundo olha a América Latina e o Brasil  como se fosse uma sociedade dividida entre exploradores e explorados. Chávez, Evo, o casal K, Lula estão do lado dos explorados contra a tirania de exploradores que são apoiados pela elite rica da América Latina que ama Uribe e FHC. Essa é uma visão simplória e manipuladora da realidade latino americana e que dá espaço a esse continente ser administrados por brutucus paranóicos,  idiotas e histéricos como Hugo Chávez.

Santa Coincidência


Isso não é preocupação de anti-petista, mas preocupação republicana. A Receita Federal, como órgão do estado brasileiro, não pode servir de instrumento para interesses privados e partidários. Por que motivos o CPF de Eduardo Jorge foi acessado e divulgado pelo PT?

Se isso não é grave o que é grave neste país, meu deus?

Ontem se soube que a Sra. Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva, 45 anos e que atua há cerca de quatro meses no posto da Receita em Santo André, região do ABC paulista foi a servidora da Receita Federal que acessou os dados de EJ.

Segundo a Folha

A servidora também foi dirigente sindical entre 2005 e 2007 -exerceu a função de secretária-geral da Delegacia Sindical de São Bernardo do Campo e de Santo André do Sindireceita (o sindicato nacional da categoria).
O sindicato representa cerca de 12 mil analistas tributários ativos e inativos e não é filiado a central sindical.
Colegas dela afirmam à Folha que Antonia nunca teve atuação sindical expressiva à frente do sindicato. Ela é casada com um auditor fiscal de Santo André.

(...)

O dirigente não soube afirmar se o marido da servidora -o auditor fiscal de nome Sérgio (o sobrenome não foi fornecido à reportagem)- tem alguma filiação partidária. "Não posso dizer porque ele pertence a outra categoria [auditores fiscais]", disse Bernardes.

Antonia é sindicalizada desde 1998 e foi secretária-geral da Delegacia Sindical de São Bernardo e Santo André de 2005 a 2007. "Ela não é mais dirigente do sindicato, já foi. Na condição de sindicalizada, ela terá nosso apoio, com advogado para defendê-la nesse processo."


BOI DE PIRANHA


Para o presidente em exercício do Sindireceita, é "estranho" o nome da servidora ter "vazado" antes de a investigação da Corregedoria ter sido encerrada.


"Se o corregedor-geral da Receita [Antonio d'Ávila Carvalho] já afirmou que houve acessos motivado e imotivado [nos dados fiscais sigilosos de Eduardo Jorge], por que todos os nomes não vieram à tona? Por que só o nome de Antonia vazou? Quem são esses outros servidores?", pergunta.


"Acho que Antonia é um boi de piranha nessa história toda, que está muito mal contada", afirma. "Quem garante que o vazamento de informações do Imposto de Renda do contribuinte não foi feito por meio de um desses acessos motivados?", questiona.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Humor Negro Básico

Tudo Errado

Rafael tinha 18 anos. Era filho de uma celebridade e, pelo jeito, gostava de excentricidades perigosas. O túnel Zuzu Angel -- que corta o morro dois irmãos -- tem pista inclinada em direção a zona sul e  foi  bloqueado para o trânsito de veículos e, por isso,  se transformou em paraíso dos skatistas da madrugada. Deve ser emocionante deslizar livremente, nas altas horas,  num túnel vazio. Adrenalina pura. Tudo seria ótimo não fosse um veículo escuro, de luzes apagadas,  que furou o bloqueio ou pagou o policial responsável para fazer um pega. E no meio do túnel Rafael foi atropelado. Morreu as 8 horas da manhã. Cena típica de velozes e furiosos.

Próximos Temas



Bateria 

Após a repercussão das declarações de Indio da Costa (DEM-RJ), parte da campanha de José Serra (PSDB) já discute a abordagem de novos temas: a relação dos petistas com Hugo Chávez, a comparação de presos políticos cubanos a presos comuns, feita por Lula, e a defesa do terrorista Cesare Battisti. O mensalão ficou de fora, porém. Tucanos avaliam que isso reavivaria o panetonegate do DEM. 

No Painel da Folha de hoje.


terça-feira, 20 de julho de 2010

Diário Gauche Pensa Que é Cão e Faz Carnaval, Mas é Ovelha



Deu no Diário Gauche de 18 de julho sobre a foto acima na coluna do Túlio Milmann, na ZH, que envia mensagem para o DG.

ZH mostra o fato, mas ignora a notícia oculta


Nas escolas de jornalismo se ensina como identificar, empiricamente, o que é notícia e o que é fato corriqueiro, indigno de ser objeto jornalístico.
Fato banal: um cachorro mordeu o dono.
Notícia: o dono mordeu o cachorro.
Fato banal: homem em desalinho faz um assado em via pública de Porto Alegre.
Notícia: lúmpen faz churrasco do "melhor amigo do homem" no centro de Porto Alegre.

Uma leitora flagrou o fato, sacou a fotografia e mandou a "pérola aos porcos". Os editores de ZH não se deram conta que o morador de rua está assando a carcaça de um cachorro. Isto é notícia, sim.
A pequena envergadura do tórax indica definitivamente que não se trata de carne de origem bovina. Pode, sim, ser cordeiro (borrego) ou leitão, de qualquer forma, deve ser animal muito jovem. Todavia, sabendo-se o preço destas carnes no mercado, logo se afasta a possibilidade de um morador de rua estar se regalando com tão finas iguarias. Só pode, então, ser carne de cachorro, e pelo visto está bem carneado, quem o fez conhece o riscado.
Observem que o lúmpen tomou o cuidado de ocultar os quartos (traseiros) e as paletas (dianteiros) do infausto cãozinho, caso contrário, seriam provas contundentes de seu ato desabonador contra o "melhor amigo do homem". Por isso que ele - simpático - sorri despreocupado.
Chamo a atenção para o fato, com o objetivo de demonstrar o quanto a redação de Zero Hora carece do velho e bom faro jornalístico - matéria-prima imprescindível para um bom jornal, algo que ZH está muito longe de ser.
Coisas da vida.

Segue a mensagem, em verde,  do Túlio Milmann e a resposta de Cristóvão Feil. Dou meu pitaco depois.


Anônimo disse...



Caro Cristóvão:


Tudo bem? Antes de publicar, chequei sim a informação. A fotógrafa é uma grande amiga e relatou sua conversa com o assador. Ele disse a ela que era carne de ovelha. Conversei com a Clarice pelo menos três vezes antes de publicar. Como não posso provar nada, me limitei a contar o que eu sabia. Acho covardia bater nesse pobre coitado sem ter certeza. E certeza eu não tenho. Sempre que tiveres alguma dúvida sobre o que eu escrevi me coloco ao teu dispor. Meu e-mail e telefone estão no topo da página 3. Um abraço, Tulio Milman
19/7/10 01:28
Cristóvão Feil disse...
Caro Tulio,

Sugiro, então, que ZH faça uma reportagem sobre a abundância experimentada pelos moradores de rua de Porto Alegre. Comendo carne de cordeiro que custa cerca de 18 reais o quilo, vamos convir que é viver à tripa-forra, como dizem os lusitanos.
Isso, também, é notícia!
Abç.
CF

Meu pitaco:


Muito legal o Túlio Milmann ter  postado seus esclarecimentos de forma educada e amistosa. A resposta do Feil idem. Assim é que a vida deve ser. As pessoas têm todo o direito de pensar diferente, mas o respeito, sem ofensas, é bom e necessário. Parabéns aos dois. Assim é que se constroi uma nação melhor.

Choque de Civilizações Não é Teoria, Mas Fato

Peregrino muçulmano xiitas se  auto-flagelado, na mesquita de  Kadhim Imam Musa, em Bagdá, essa foto foi tirada em 07 de julho de 2010, não se vê cena como essa nas igrejas do ocidente - (AL-RUBAYE/AFP/Getty AHMAD) #


Sempre concordei com Samuel Huntington (1927-2008): existe entre ocidente e oriente um choque de civilizações. Muitos criticaram Huntington, como os complicados Edward Said e Said Shirazi dizendo que essa teoria alimentava a supremacia americana. Babaquice pura. Choque de civilizações não é teoria, é realidade, é o que está ai, é o que existe.

Por exemplo, muitos muçulmanos -- e não são poucos, talvez maioria -- acreditam no Hadith que é a narrativa dos atos do profeta Maomé que junto com o Alcorão forma a base da lei islâmica. O alcorão determina que quando um  homem que vai para a cama com mulher casada os dois devem receber cem chibatadas.

Mas na Bíblia (Deuteronômio 22:22) assim está dito:
"Se se encontrar um homem dormindo com uma mulher casada, todos os dois deverão morrer: o homem que dormiu com a mulher, e esta da mesma forma. Assim, tirarás o mal do meio de ti."

A diferença é que no mundo ocidental ninguém leva a sério essa regra. Ou seja, como bem disse hoje, na Folha, o Hélio Schwartsman,  a diferença entre islã e Ocidente hoje é que, enquanto este assistiu a uma progressiva laicização das instituições e da vida, o primeiro permanece fiel a suas origens e seus textos religiosos.

Talvez seja excessivo dizer que o Ocidente se tornou irreligioso, mas é certo que ficou pouco zeloso nessa matéria.


Isso fez com que as fogueiras inquisitoriais não voltassem a acender-se e permitiu que a ciência avançasse por terrenos antes vedados. É dessa revolução iluminista que o islã se ressente. Lá mais que cá, Estado e religião se confundem e tomam-se ao pé da letra os textos que mandam assassinar apóstatas.


Para o filósofo Sam Harris, é esse excesso de literalidade que está por trás dos homens-bomba.

Tempos Fascinantes

Angeli

 A notícia da ligação do PT com as FARC se espalha pela blogosfera, pelo twitter e o escambau. Está todo mundo falando no assunto. E faz muito mais sucesso que o Dilmaboy.
A eleição deste ano vai ser fascinante exatamente por isso, essa nova mídia que tem a relevante característica do protagonismo está plenamente ativa. Isso é muito legal.

Todo Mundo Sabe que o PT Tem Ligações com as FARC.


Todo mundo sabe e todo mundo está careca de saber. A esquerda mundial se interliga. Eles participam de fóruns sociais, congressos, reuniões. Sempre foi assim. Assim sempre será.

Não é novidade, portanto, o que o Serra disse ontem, segundo a Folha:

A ligação do PT é com as Farc", disse Serra, em Belo Horizonte. "Isso todo mundo sabe, tem muitas reportagens, tem muita coisa. Apenas isso. Agora, as Farc são uma força ligada ao narcotráfico, isso não significa que o PT faça o narcotráfico."


Exemplo vivo dessa ligação é o padre colombiano Olivério Medina - hoje refugiado político, como se o governo da Colômbia fosse de exceção -- que é sim ligado às FARC e foi preso pela Polícia Federal , como se verifica dessa matéria da Veja afirmando que trinta membros do  PT em reunião em Brasília, no dia 13 de abril de 2002, receberam R$ 5 milhões. Acho esse valor meio exagerado, mas a reunião efetivamente ocorreu.

Olivério Medina é casado com a professora Angela Maria Slongo que foi cedida, em  23 de novembro de 2006,   para o Ministério da Pesca. A cedência  foi assinada pela ministra Dilma, documento abaixo.



A esquerda mundial e, sobretudo, latino americana se comunica, se reune, troca idéias e estratégias. É evidente, é claro, é luminoso que as FARC tem relação com os movimentos bolivarianos que apóiam Chávez e as FARC tem simpatia com o Lula e o PT.

Insisto, esse caminho não leva a lugar nenhum, porque já foi trilhado. Isso é notícia velha. Outros usaram esse discurso e o povo brasileiro não se convenceu. Serra tem de fazer uma campanha de construção, de levar adiante o projeto de inclusão social em curso. Isso é o que interessa.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

DilmaBoy



Esse vídeo do estudante de publicidade goiano, Paulo Reis, 25 anos, mostra bem o que vai ser a eleição este ano. Ele foi acessado 100  mil vezes, é febre no twitter.

Paulo Reis, of course, vota em Dilma. Ele tem bolsa integral do  Pro Uni.

Tá Explicado Porque Collares Apoia Tarso e Paim

Ex governador Alceu Collares que apoia Tarso e Paim do PT


ZH – Pedetistas dizem que o senhor apoia Dilma por interesse, devido ao seu cargo no governo Lula, como conselheiro de Itaipu.
Collares – Quem insinuar isso desconhece a minha história. Tenho mais história do que todos eles juntos. Uma história de coerência, sempre junto com a esquerda. Sempre estive com Lula.
ZH – O senhor pode dizer quanto recebe de salário?
Collares – Não. Mas está na declaração do Imposto de Renda. Se quiser, vai no Imposto de Renda.
ZH – Por que o senhor mesmo não pode revelar?
Collares – Porque eu não quero. Não tenho esse direito?
ZH– Com que frequência o senhor se reúne com o conselho de Itaipu?
Collares – É só fazer uma consulta com a Itaipu e eles vão dizer quando a gente se reúne. Está tudo na internet. O povo quer transparência na publicidade dos atos do homem público. E isso eu fiz sempre na minha vida. Como estou sentindo que tu estás com espírito de porco, não quero dizer.

ZH de hoje.

O Displicente Grêmio de Silas

Assim não dá, Silas!

Sou fanático torcedor de um time que já foi rebaixado para a segunda divisão. E por isso guardo traumas e preocupações. O rebaixamento de 2004 começou assim. Se o campeonato terminasse hoje o imortal tricolor estaria rebaixado. Ainda bem que faltam 2/3 do torneio para jogar. O Grêmio de Silas é uma piada, porque não aprendeu que não se pode jogar fora --  mesmo que seja com o Grêmio Prudente -- com quatro jogadores que não marcam: Borges, Jonas, Douglas e Hugo. Toda a vez que o Grêmio joga faceiro fora ele acaba perdendo. Sempre foi assim e assim vai ser sempre. Silas deveria saber disso: ou ele escolhe Hugo ou escolhe Douglas. Entrar com esses dois displicentes no mesmo time é pedir para perder. Foi o que aconteceu ontem. Quarta-feira tem jogo no Olímpico com o também desesperado Vasco. O Olímpico, no Grêmio do Silas, não está fazendo mais a diferença e isso é muito preocupante para um time que geralmente não consegue bons resultados quando joga fora.

E essa direção? Fiquei sabendo agora que o Réver -- grande ex zagueiro gremista -- vai para o Galo de Minas. Francamente.


Charge do Kayser

Casamento um Inferno?


Semana passada o Congresso Argentino aprovou o casamento gay. Os tontos de ocasião, aqueles que só pensam naquilo,  estão a dizer que não se pode  absolutizar essa conquista, porque ela ainda está inscrita no âmbito da reprodução do sistema capitalista, e não representa nenhuma quebra de paradigma histórico ou de ato revolucionário digno de nota, como comentou o Diário Gauche neste post aqui sobre artigo psicólogo Angel Rutigliano, publicado no diário portenho Página/12, em 20/05/2010.

Pois saibam, então,  que o contrato de casamento -- e a vida é contrato -- está embutido no sistema de reprodução capitalista. Na verdade, as pessoas não deveriam se casar, deveriam se juntar e deixar de lado essa vida burguesa de festinha de natal, de levar as crianças ao cinema e passear de carro novo, etc.


O casamento, um inferno


"Por que se fazemos coisas iguais queremos obter resultados diferentes?"


Albert Einstein

Lembro-me de Fernando Peña quando propunha uma certa crítica ao casamento gay. Não que ele fosse contra a equidade e os direitos humanos.
Ele propunha que os homossexuais tivessem a possibilidade histórica de fazer outra coisa. Não lhe seduzia, ao genial radialista, copiar o típico modelo burguês de família, mas sim arriscar-se a pensar em algo novo. Os homossexuais não tinham por que pensar no ninhozinho de amor, nos filhos, nos carros ou natais em família. Haviam chegado até aqui com outros propósitos.
Aqueles que defendem o contrato matrimonial para todos, estão propondo um inferno onde se acredita um paraíso. Creio que algo disso aconteceu com certas feministas que só esboçavam uma visão de gênero, quando, na realidade, era preciso pôr em questão o modelo capitalista de produção. De produção econômica e de produção de subjetividade. A partir daí, querer se achar em igualdade de condições com um homem explorado foi praticamente um ato masoquista.
Agora que o império ordena o mundo, segundo suas próprias leis, ele deixa que nos ocupemos de certas coisas: da salvação das baleias, dos direitos das minorias, dos pobres da África, etcetera. Os direitos humanos, assim pensados, não são o fruto de triunfos obreiros, mas sim apenas um resto com o que nos conformamos.
Agora, senhoras e senhores, até podemos nos ocupar de que os gays possam se casar, herdar, adotar filhos, etcetera. Fazer tudo o que todos os heterossexuais fazem, isto é: cumprir com todas as leis que asseguram a reprodução do sistema capitalista.
Por outro lado, observamos que é a Igreja quem mais se queixa dessa novidade que não traz nada de novo. Entendo que a queixa não é pelos homossexuais em si, mas sim porque a Igreja perdeu campo nisso de ser o resguardo moral do Estado.
Se o Estado moderno já não se rege pelos mandamentos da Igreja, se supõe que há Outro que estabelece um limite em nossa ética diária. Como dizia Aristóteles, no caminho para a felicidade. Os que escolhem um parceiro do mesmo sexo para conviver agora gozarão de todos os benefícios que um heterossexual tem nessa sociedade capitalista burguesa; ou seja, poderão obter um atestado que confirma seu contrato econômico.

Menos, Indio, Menos


Esqueceram de avisar ao Indio da Costa, vice de Serra, que esse discurso paranóico de extrema direita não cativa o eleitorado brasileiro.


domingo, 18 de julho de 2010

Porque Chove e é Domingo


Porque chove direto faz tempo. Porque ela não dá trégua e, ainda mais, faz frio. Porque hoje é domingo e deveria estar passeando com o cachorro no parque. Porque todas as ruas estão vazias. Porque as pessoas estão em casa. Fazendo o quê? Sinceramente não sei. Na frente da tv, dormindo, namorando, jogando war com os filhos, ouvindo Rolling Stones, lendo três poemas de Raymond Carver.




MEDO
Medo de ver a polícia estacionar à minha porta.
Medo de dormir à noite.
Medo de não dormir.
Medo de que o passado desperte.
Medo de que o presente alce voo.
Medo do telefone que toca no silêncio da noite.
Medo de tempestades elétricas.
Medo da faxineira que tem uma pinta no queixo!
Medo de cães que supostamente não mordem.
Medo da ansiedade!
Medo de ter que identificar o corpo de um amigo morto.
Medo de ficar sem dinheiro.
Medo de ter demais, mesmo que ninguém vá acreditar nisso.
Medo de perfis psicológicos.
Medo de me atrasar e medo de ser o primeiro a chegar.
Medo de ver a letra dos meus filhos em envelopes.
Medo de que eles morram antes de mim, e que eu me sinta culpado.
Medo de ter que morar com a minha mãe em sua velhice, e na minha.
Medo da confusão.
Medo de que este dia termine com uma nota infeliz.
Medo de acordar e ver que você partiu.
Medo de não amar e medo de não amar o bastante.
Medo de que o que amo se prove letal para aqueles que amo.
Medo da morte.
Medo de viver demais.
Medo da morte.
Já disse isso.


FELICIDADE
Tão cedo que ainda é quase noite lá fora.
Estou perto da janela com o café
e tudo aquilo que sempre a essa hora
nos passa pela mente.
Quando vejo o garoto e seu amigo
subindo a rua
para entregar o jornal.
Eles usam bonés e agasalhos,
e um deles traz uma mochila nas costas.
Estão tão felizes
que nem sequer conversam, os garotos.
Acho que, se pudessem, estariam até
de braços dados.
É de manhã bem cedo
e os dois caminham lado a lado.
Lentamente, eles vêm vindo.
O céu começa a clarear,
embora a lua ainda paire sobre a água.
Tanta beleza que por um instante
a morte e a ambição, mesmo o amor,
não se intrometem nisso.
Felicidade. Ela vem
inesperadamente. E vai além, na verdade,
de qualquer discurso sonolento.


O QUE O MÉDICO DISSE
Ele disse não parece bom
ele disse parece mau aliás muito mau
ele disse eu contei trinta e dois deles em um pulmão antes
de parar de contar
eu disse fico feliz não ia querer saber
que tem mais do que isso lá
ele disse por acaso você é religioso você se ajoelha
em bosques na floresta e se permite pedir ajuda
quando encontra uma cachoeira
a névoa soprando contra seu rosto seus braços
você para e pede clareza nesses momentos
eu disse não mas pretendo começar hoje mesmo
ele disse sinto muito ele disse
gostaria de ter outro tipo de notícia para dar
eu disse Amém e ele disse algo mais
que eu não entendi e sem saber mais o que fazer
e sem querer que ele precisasse repetir aquilo
e que eu realmente precisasse digeri-lo
apenas olhei para ele
por um minuto e ele olhou de volta foi então
que me ergui num salto e apertei a mão daquele homem que acabara de me dar
algo que ninguém no mundo jamais tinha me dado
talvez eu tenha até agradecido por força do hábito.

Publicado na Ilustríssima de hoje.
RAYMOND CARVER

tradução CIDE PIQUET

A Que Ponto Chega o Tirano

Chávez ordena a exumação dos restos mortais de Bolívar para tentar salvar seu governo

El País


O presidente Hugo Chávez revelou aos notívagos do Twitter o que até as 2 da madrugada de ontem o governo não havia querido informar: que na noite de quinta-feira uma equipe de promotores e policiais científicos exumou os restos do libertador Simón Bolívar para determinar a causa de sua morte, ocorrida em 1830. "Olá meus amigos. Que momentos impressionantes vivemos esta noite! Vimos os restos do grande Bolívar!", anunciava o primeiro "tweet" presidencial. "Confesso que choramos. Digo-lhes: tem que ser Bolívar esse esqueleto glorioso, pois pode-se sentir seu resplendor. Meu Deus! Meu Cristo!".
Chávez está entre os que suspeitam que Bolívar não morreu de tuberculose, como estabeleceu a história. Ele afirma que foi assassinado, e que essa suposição é muito mais importante que qualquer dos escândalos que envolvem hoje seu governo. Envenenado? Baleado, talvez? Isso é o que vão determinar os 50 especialistas da Promotoria Geral e do Corpo Técnico da Polícia Judiciária que ontem foram mostrados pelo canal estatal, em pleno trabalho e vestindo trajes brancos, como que próximos de empreender uma viagem espacial.
Enquanto Chávez teoriza sobre as causas da morte do Libertador, seus críticos afirmam que se trata de uma manobra de distração para tentar encobrir a crua realidade de um país mergulhado em uma profunda crise. A inflação - 31% em junho, a mais alta da América Latina - obriga os cidadãos a raspar cada vez mais os bolsos; a economia entrou em recessão no ano passado e continuou no vermelho no primeiro trimestre de 2010.
Além disso, encontraram-se mais contêineres com comida decomposta devido à má gestão da empresa estatal responsável por sua importação (Productora y Distribuidora Venezolana de Alimentos, filial da Petróleos de Venezuela). Ao todo, foram descobertas mais de 130 mil toneladas de alimentos podres em portos e armazéns, que deveriam ser distribuídos na rede pública de mercados populares.
Na Venezuela também já começaram extraoficialmente as campanhas dos partidos para as eleições parlamentares de 26 de setembro. Por isso a oposição disse que temas como o suposto assassinato de Bolívar e a potencial ruptura de relações diplomáticas com o Vaticano, da qual também se falou nestes dias, são cortinas de fumaça erguidas pelo governo para iludir o debate sobre sua má gestão para resolver os problemas de insegurança, inflação, corrupção e serviços públicos deficientes que o país atravessa.
A crise econômica se soma ao conflito com a vizinha Colômbia, cujo governo acaba de denunciar a suposta presença em território venezuelano de três importantes líderes guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do Exército de Libertação Nacional (ELN).
A longa lista de problemas que o país enfrenta não prejudicou o trabalho dos especialistas do governo, que em menos de 24 horas parecem ter encontrado a prova que em 180 anos os historiadores não encontraram. Elías Pino Iturrieta, diretor da Academia Nacional de História, disse a "El País" que não há qualquer evidência da época que indique algo parecido com a existência de um assassinato ou de um fato violento. "Não existe o menor fundamento científico que justifique esse espetáculo noturno. Nenhum historiador sensato pode avalizar a hipótese do assassinato de Bolívar. Só resta pensar que esta é uma maneira de fazer os idiotas se ocuparem de uma morte de 1830 e não dos desmandos que vivemos neste momento."
A abertura do sarcófago do Libertador, que repousa no Panteão Nacional, não havia sido anunciado oficialmente. O processo esteve a cargo de um cientista espanhol, o professor José Antonio Llorente, diretor do Laboratório de Identificação Genética da Universidade de Granada. Através da rede de televisão oficial, Llorente disse que a investigação foi feita "em silêncio, não em segredo ... respeitando ao máximo o corpo do Libertador Bolívar", e qualificou seu trabalho como "neutro".



sábado, 17 de julho de 2010

E Mr. Bean Gerou Gemma Atkinson




Mais fotos dela no Pensador Selvagem.

Sarkozy e a Guerra de Informação


A Justiça francesa determinou a retirada da edição acima (Nicolas Sarkozy en prison!, onde ele é representado nu em uma cela, prestes a manter ato sexual com um homem.) da revista satírica Le Monte, paródia do Le Monde. 

Interessante essa batalha midiática que está ocorrendo na França. Essa guerra de informação já começou faz tempo.

Copio da Folha:

A publicação começou a recolher os exemplares nas bancas, sob pena de ser multada em 100 para cada foto não ocultada. Seu advogado, Patrick Klugman, considerou a medida "preocupante", por atacar "a liberdade de expressão".


O ministro do Trabalho, Eric Woerth, também tesoureiro do partido governista (UMP), é acusado de ter recebido doações ilegais da ex-contadora de Liliane Bettencourt -a herdeira do grupo l'Oreal- para financiar, em 2007, a campanha presidencial de Sarkozy.


Mas o caso Bettencourt também questionou a crise por que passa a mídia impressa do país. As principais revelações não foram feitas pela mídia tradicional, mas por publicações de menor porte, como "Marianne" e "Le Canard Enchaîné", e por sites alternativos.


Em entrevista à Folha, Edwy Plenel, fundador do site Mediapart e ex-redator-chefe do "Monde", disse que a mídia francesa estaria nas mãos de "amigos" de Nicolas Sarkozy.


O site e seu criador foram violentamente atacados pelo governo depois da publicação, no dia 16, de depoimento da ex-contadora de Liliane Bettencourt.


O Mediapart foi acusado de utilizar métodos fascistas e trotskistas.


"Sites como esses são meios de comunicação mais reativos, que privilegiam o trabalho de investigação", afirma Laurent Leger, jornalista independente.


OPOSIÇÃO


Asfixiada pela queda nas vendas, pela concorrência com os diários gratuitos e pela internet, a imprensa francesa acabou fazendo alianças polêmicas. Um exemplo foi a aquisição, em 2005, do jornal ícone da esquerda -o "Libération", fundado pelo filósofo Jean-Paul Sartre- pelo empresário Edouard de Rothschild.


Já o "Monde" acumulava dívida entre 80 milhões e 120 milhões e estava à beira da falência havia poucos dias, quando foi adqurido pelos empresários Pierre Bergé, Xavier Niel e Matthieu Pigasse. O processo teve a intervenção direta de Sarkozy.


Ele chegou a convocar o diretor-executivo do jornal, Eric Fottorino, para manifestar sua oposição à aquisição do jornal pelo trio, considerado por ele como "excessivamente de esquerda".

Fidel Está Gagá


Essa foto é de ontem, sexta-feita. Fidel só ressuscita para falar dos Estados Unidos. Ele passou anos enclausurado e ontem resolveu colocar a boca no trombone para falar mal dos vizinhos americanos. Disse que estamos diante da iminência de uma guerra nuclear, tendo em vista os conflitos entre Irã, Eua e Israel. Disse, também,  que os EUA atacarão a Coréia do Norte. O que, afinal, estará por trás desses discursos anacrônicos de Fidel? Circulam  fofocas no sentido de   que Raul Castro está doente e Fidel poderá reassumir. A dinastia Castro e seus macabros personagens. E tem gente que defende esse regime.

Sinistro